Implantação de Auditorias Internas de Processo

As auditorias de operação que se estendem durante alguns meses, como as descritas acima, identificam ações pontuais para melhoria e que são implementadas em cada situação específica.

Uma outra atividade compreende a própria implantação ou atualização de rotinas de operação para aumentar a robustez do processo através da revisão de procedimentos.

Uma ação eficaz é atualizar os procedimentos e instruções de trabalho para incorporar auditorias internas especificas nos processos, e que serão realizadas por um time composto pelos próprios técnicos operadores e por auditores do sistema de gestão da qualidade do contratante.

Auditores internos de processos devem ter uma formação mais específica do que apenas a capacitação em auditorias da qualidade (ISO 9000). Tanto os técnicos operadores, como os auditores, devem estar capacitados em técnicas de análise e diagnóstico de falhas focadas no equipamento específico, com instruções e registros de acordo com a especificidade do processo. Investir em Procedimentos para Auditoria Interna e Treinamentos para equipamentos críticos, resulta em ganhos crescentes de confiabilidade e menores custos.

Auditoria de Comissionamento – Complexo Administrativo/Petrobrás

A aplicação realizada para a PETROBRAS nos novos Complexos de Imboassica é um exemplo nesta área de atuação. Além das auditorias de comissionamento em diversos sistemas (automação, elétrico, ar condicionado, entre outros) que se estenderam por 6 meses, também foram desenvolvidos Manuais Sintéticos de Operação específicos para cada sistema. Ações de melhoria foram identificadas. Os resultados superaram as expectativas do Cliente, com avaliação muito positiva.

DSC00610

Complexo Administrativo/Petrobrás